top of page

Gemas preciosas: tesouros da natureza

Atualizado: 29 de mar.

As gemas preciosas são verdadeiros tesouros da natureza, admiradas há milênios por sua beleza e também pelo mistério que carregam. Essas pedras, formadas pela pressão e temperatura intensas no interior da crosta terrestre, têm um lugar especial na história, cultura e indústria. 



O uso místico das gemas remonta ao período de antigas civilizações, que atribuíam propriedades sobrenaturais às pedras. Acredita-se que cada gema possui energia única, capaz de influenciar diferentes aspectos da vida humana. Desde tempos imemoriais, as pessoas usam gemas pelo seu poder de cura e proteção, em função dos minerais e vibrações energéticas que as compõem, buscando equilíbrio físico e espiritual e atraindo boa sorte. As pedras preciosas também têm significado cultural. Em algumas culturas, certas gemas são associadas a eventos específicos, como casamentos ou rituais religiosos.


Além disso, mitos e lendas frequentemente conferem a elas uma importância simbólica que transcende os séculos e as sociedades.


A extração de gemas é uma prática que, embora proporcione maravilhas, pode prejudicar o meio ambiente. A mineração, muitas vezes, resulta em alterações drásticas nas paisagens, desmatamento e poluição da água. No entanto, esforços recentes buscam meios mais sustentáveis, visando mitigar o impacto ambiental e promover a responsabilidade social na indústria. Aqui no Brasil, a extração de pedras é feita em vários estados, sendo Minas Gerais o maior produtor, de acordo com o Departamento Nacional de Produção Mineral. Ah! Um detalhe interessante: somos o único país onde é possível encontrar o topázio imperial e a turmalina paraíba, e também somos o segundo maior extrativista de esmeralda. Nosso reconhecimento pela diversidade, qualidade e quantidade de pedras preciosas é mundial! 


No universo da joalheria, as gemas desempenham um papel vital na criação de peças de beleza atemporal. Diamantes, rubis, esmeraldas e safiras são algumas das gemas mais conhecidas e cobiçadas. Cada uma possui características específicas de cor, dureza e brilho, contribuindo para a singularidade das joias. E sua lapidação habilidosa ressalta a estética intrínseca das gemas, transformando-as em verdadeiras obras de arte.



Seu valor comercial substancial é outro fator interessante. Diamantes, por exemplo, são frequentemente considerados investimentos valiosos. O mercado de gemas é dinâmico, influenciado por variáveis como raridade, cor, pureza e tamanho. Leilões e joalherias de renome, muitas vezes, testemunham transações milionárias envolvendo pedras preciosas.


Essas gemas são mais do que adornos brilhantes. São testemunhas do tempo, guardiãs de mistérios e portadoras de significado. Ao apreciá-las, é crucial equilibrar a estética e a consciência ambiental, garantindo que a beleza que emana delas seja sustentável. Por isso, sempre recomendamos atenção ao adquirir uma pedra preciosa, garantindo que seus fornecedores sejam reconhecidos pelo cuidado ético no mercado de joias.



E deixamos aqui o convite aos amantes de pedras: venham explorar sua estética deslumbrante, criando adereços pessoais e se conectando de maneira única com sua gema favorita. No ATELIÊ LABRIOLA, cada adorno é uma expressão de estilo e também um compromisso com a preservação ambiental e social, celebrando a harmonia entre a natureza e a arte.


24 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page